• Rio de Janeiro: (21) 2137-5444 | (21) 97660-4480
  • B. Camboriú: (47) 3046-8280 | (47) 9 9274-1896

A mamoplastia redutora reconhecida como uma importante alternativa de tratamento estético, responsável por reduzir volume, medidas da mama e o excesso de gordura acumulada na região dos seios, possibilita mudanças suaves e agradáveis ao corpo da paciente.

Outro objetivo que provoca a busca e realização desse procedimento por parte de milhares de mulheres, passa pela ideia da técnica impactar o tecido glandular e a pele em si, com o intuito de tornar o tamanho da mama proporcional ao seu corpo e desse modo aliviar o desconforto associado à seios muito grandes.

Com a realização da mamoplastia redutora diversos benefícios podem ser requeridos, como por exemplo atenuação de problemas de saúde e auto estima, aumento da qualidade de vida e reduzir dores e incômodos possibilitando assim melhor mobilidade as práticas esportivas e atividades diárias.

Também é possível com esse método reposicionar a mama, se necessário, diminuindo o tamanho da aréola, além de também viabilizar a eliminação da flacidez causada por diversos motivos como por exemplo o envelhecimento, propiciando assim seios mais simétricos e proporcionais a estrutura corporal da paciente.

Em consulta personalizada e individualizada junto ao Dr. Alexandre Charão, em sua clínica no Rio de Janeiro, o especialista em cirurgias plásticas e referência nacional em técnicas e metodologias, todas as dúvidas podem ser sanadas, além da realização de uma avaliação completa para perfeito planejamento das ações a serem realizadas.

Após exames realizados, consultas feitas e muita conversa entre paciente e profissional, para alinhamento da melhor intervenção, a cirurgia é agendada e dentro de 2 à 5 horas finalizada, ja sendo possível o início do processo de pós operatório.

Vídeo contendo dicas sobre Mamoplastia Redutora

Indicações para mamoplastia redutora?

O tamanho dos seios, com seu volume, sustentação e formato, dependem do genes de cada indivíduo, dos hormônios e seus ciclos, além da estrutura corporal e peso da pessoa.

Porém em muitos casos as mamas são desproporcionais e mamoplastia redutora é um recurso indicado e muito utilizado para as mulheres que possuem seios muito grandes e/ou pesados, pois com o passar do tempo tornam se causadores de problemas de saúde e incomodam a parte estética e auto estima da paciente.

O procedimento também possibilita reduzir dores no pescoço, nas costas e ombros, as mulheres que sofrem esses desconfortos, já em outros casos o incômodo com as alças dos sutiãs também motivam sua realização.

A mamoplastia de redução traz consigo a possibilidade de aliviar irritações ocasionadas pela flacidez abaixo do sulco mamário, auxiliando também na simetrização dos mamilos e sustentação dos seios.

Com aplicação de anestesia geral e duração de 2 a 5 horas, a técnica de eliminação de gordura é feita, sendo estimado um pós operatório de mais ou menos 20 dias para paciente retomar normalmente sua rotina.

A mamoplastia deixa cicatrizes?

Podendo ser em formato de “T” invertido ou em “L”, a cicatriz resultante da operação, varia mediante o tipo da mama e da quantia excedente de pele e volume de glândula mamária a ser removida.

Normalmente as cicatrizes de mamoplastia redutora ficam com bom aspecto, com as instruções do pré operatório sendo seguidas, permitindo resultados mais suaves e discretos.

No pré operatório, portanto, diversas indicações são passadas com o intuito de reduzir ao máximo os efeitos causados por cicatrizes, sendo os principais cuidados recomendados, a abstenção do fumo para as pacientes tabagistas e também sendo necessário estar fisicamente saudável e com exames em dia.

Já no pós operatório, os cuidados para as cicatrizes não gerarem sequelas e incômodos futuros são cruciais para perfeita recuperação e satisfação com o resultado obtido.

Por isso, a paciente é orientada detalhadamente quanto a diminuição dos movimentos dos membros superiores nas primeiras semanas e o modo como voltar gradativamente sua movimentação, a recomendação em evitar o carregamento de peso e a proteção redobrada por meio de filtros de alta fatoração contra raios solares por no mínimo 6 meses.

A paciente também deve evitar grandes esforços e ficar afastada de atividades físicas intensas por 60 dias, evitando até o 14º dia elevar os braços acima de 60º. Para total recuperação, o auxílio de pomadas específicas e a utilização do soutien cirúrgico por aproximadamente 1 mês, dependendo da orientação médica e variando de caso para caso, permitindo ao longo desse período a evolução gradativa.

Apesar do resultado a curto prazo satisfazer a grande maioria das mulheres que optam por esse procedimento estético, sendo visível apenas entre o 8º e 18º mês posterior a cirurgia, o resultado e aspecto definitivo dos seios.

Qual a anestesia indicada para a mamoplastia redutora?

A anestesia geralmente usada é a peridural, ou seja, não há intubação.

Tempo de Internação:

Geralmente 24 horas.

Dicas para o pós-operatório da mamoplastia:

A paciente deverá ficar afastada de esforços por 30 dias, evitando nos primeiros 14 dias de elevar os braços. Deve-se usar um soutien cirúrgico por aproximadamente um mês, dependendo da orientação médica. A prática de esportes poderá ser retomada após dois meses.

As cicatrizes são dispostas de acordo à técnica cirúrgica e com as alterações apresentadas pela paciente, podem ser: em “T”, verticais ou periareolares com ou sem a combinação de implantes mamários.

Apesar do resultado imediato e mediato satisfazerem bastante às pacientes, somente entre o 8º e 18º mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva.

Preços e valor da mamoplastia redutora

Para maiores informações sobre o preço da mamoplastia redutora, entre em contato com Dr. Alexandre Charão e sua equipe ou visite nossa sede mais próxima a você. Possuímos clínicas no Rio de Janeiro (RJ) e em Balneário Camburiú (SC).