Guia da Cirurgia plastica

Mastopexia com ou sem prótese

O objetivo da mastopexia é de levantar mamas caídas ou flácidas, que sofreram com a ação do tempo e perderam o volume em conseqüencia da gravidez, mudanças de peso ou da própria genética da paciente. Haverá uma melhora não só do formato como da consistência dos seios. A forma e o tamanho das novas mamas devem ser detalhadamente discutidos com o médico antes da cirurgia. O Dr. Alexandre mostrará fotos de casos operados, para ajudar a paciente a entender o resultado que se espera.

Dependendo do volume final desejado e do volume mamário que a paciente já tem, pode ser necessária a colocação de implante mamário de silicone. Caso a paciente tenha tecido suficiente, o uso da prótese pode ser dispensado. A recente evolução dos implantes de silicone dispensou a troca dos mesmos 10 anos após a operação, fazendo que muitas pacientes prefiram o uso de implantes pois estes têm consistência firme e mantém o  formato da mama por muito mais tempo do que realizando a mastopexia sem prótese. O Dr. Alexandre compartilha desta opinião e tem indicado o uso de implantes para estas pacientes. Tal recurso permite atingir seios muito mais duros e empinados e que se manterão assim por muito mais tempo.

As incisões são feitas do menor tamanho possível e já são desenhadas na primeira consulta para que a paciente esteja bem informada. O excesso de pele da parte inferior da mama é retirado através de uma incisão na vertical, porém em alguns casos é necessária a incisão horizontal, resultando em uma cicatriz em “T” invertido. O Dr. Alexandre sempre tenta aplicar técnicas cirúrgicas que deixem a menor cicatriz possível. Quando indicada é utilizada a técnica peri-arolar ou somente a vertical, para evitar o “T” invertido. Mesmo quando este é feito, o Dr. Alexandre aplica recursos que permitem diminuir o tamanho da cicatriz final.

Como na mamoplastia redutora, as cicatrizes da mastopexia se localizam na metade inferior do seio, permitindo o uso de blusas e biquínis decotados. A operação dura em média duas horas. Caso sejam usados drenos estes são retirados poucos dias após a cirugia.

Os cuidados no período pré e pós-operatório da mastopexia são basicamente os mesmos da mastoplastia redutora: evitar esforços, fazer repouso, não se expor ao sol, usar cinta modeladora, fazer drenagem linfática.

Para agendar sua consulta basta ligar no (21) 2137-5444.

Divulgue o Guia da Cirurgia Plástica nas Redes Sociais

Gostou deste tópico? Então ajude o Dr. Alexandre Charão a divulgá-lo nas redes sociais. Clique nos botões abaixo e compartilhe essas informações no Google+ e Facebook!

Agende uma consulta e tire suas dúvidas

Que tal agendar uma consulta presencial e esclarecer pessoalmente as dúvidas com o do Dr. Alexandre Charão?

  • Agenda sua consulta
  • Entre no faq
Estrategia Digital - Marketing Digital