AINDA É COMUM A INJEÇÃO DE SILICONE LÍQUIDO OU PMA EM MAMAS, ROSTO E GLÚTEOS, COM CONSEQUÊNCIAS INFELIZES. QUER RETIRAR ESSAS SUBSTÂNCIAS DO SEU CORPO? SAIBA COMO

A utilização de substâncias não autorizadas para “turbinar” algumas partes do corpo ainda tem sido muito frequente, infelizmente. Produtos como o silicone líquido ou industrial e o PMA (polimetilmetacrilato) tem sido usados para aumentar seios, glúteos e até lábios, mas os resultados podem ser desastrosos.

Caso você tenha feito alguma dessas opções e agora está insatisfeito com as consequências, venha até o meu consultório para que possamos verificar as possíveis soluções. Em alguns casos não se pode fazer nada, mas em muitos outros existem inúmeras possibilidades de reparação e os resultados podem ser muito compensadores!

botoes

 

COMO É FEITA A CIRURGIA E QUAIS OS RISCOS PARA REPARAR UMA APLICAÇÃO INFELIZ?

O procedimento consiste na retirada da substância do corpo do paciente, no entanto, na maioria das vezes é quase impossível que essa remoção seja completa. Isso porque algumas partes estruturais onde o produto eventualmente se concentra não podem ser mexidas, pois isso pode comprometer a saúde do paciente.

Lembrando que o silicone líquido não tem uma membrana ou cápsula envoltória, ou seja, ele é injetado diretamente na pele e fica em contato direto com os tecidos, o que pode gerar uma fibrose causando inclusive uma certa dor. Com o tempo, essas partes acabam enrijecendo e se unindo à pele, e por isso também não podem ser retiradas. Além disso, ele pode “escorrer” para outras regiões do corpo, lembrando ainda que há o risco de rejeição do produto pelo organismo, o que pode gerar infecções bastante agressivas.

O PMA também oferece esse risco, porém ele não é totalmente proibido (liberado para o uso em pacientes soropositivos, pelo regulamento da vigilância sanitária) e por esse motivo, muitas clínicas o utilizam livremente. Mas vale lembrar que, devido ao risco que ele representa, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica não autoriza o uso dessa substância pelos seus membros. Pesquise na internet algumas imagens de consequências infelizes dessa aplicação, é assustador.

botoes4

 

COMO FICARÁ MEU CORPO APÓS A CIRURGIA PARA A RETIRADA DESSAS SUBSTÂNCIAS?

Quando o silicone líquido injetado no seio precisa ser retirado, geralmente é colocado no lugar uma prótese de silicone, juntando a cirurgia reparadora com a mamoplastia. O resultado pode ser muito satisfatório, pois dá volume e deixa os seios mais empinados.

No caso da injeção dessa substância nos glúteos, a retirada é um pouco mais complicada de ser feita, muitas vezes impossível. Isso vale também para outras partes do corpo, como braço, peitoral, etc. No caso do PMA, algumas vezes é possível fazer lifting de bumbum, retirando uma parte da gordura, uma parte da pele e uma parte de PMA injetado.

No meu consultório já operei diversos casos como esses, inclusive a retirada de PMA dos lábios de uma paciente, o que devolveu sua autoestima, após sofrer anos com a consequência de uma má escolha.

Quero deixar claro que não faço uso de substâncias que não são aprovadas pela Anvisa, não concordo com quem usa e não recomendo essa utilização. Mas se você optou por essas escolhas e isso está comprometendo sua saúde e beleza, venha até o meu consultório e será recebido com toda a atenção.

Seja qual for a situação vale a pena marcar uma consulta e assim poderei avaliar cuidadosamente o seu caso, verificando o que pode ou não ser feito.

Espero poder te ajudar a resolver o seu problema!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *